Do fim-de-semana prolongado

Já não me lembrava da sensação de querer levantar os pés numa discoteca e não conseguir fazê-lo graças à quantidade de substâncias pegajosas no chão. Para ser franca não me lembro da última vez em que estive numa discoteca (provavelmente no Verão mas nem estou a localizar) e muito menos de ter saído de uma depois das 7 da manhã. Não me lembrava, não tive saudades, mas foi bom voltar (a uma saída até de manhã, aos amigos e à cidade de Lisboa, ao meu amor).

Ficava mais tempo (com ele, com eles, com quem não vi) mas o relógio não para e há muita vida (e muito frio) à minha espera, mais a norte.

[Logo logo estamos em Parissss].

Comentários

  1. de vez em quando é bom para relembrar porque é que não vamos tão regularmente haha.
    agora a sério, vou muito pouco a uma discoteca, mas quando vou sabe bem, de tão raro que é. e o convívio é bom :)

    ResponderEliminar
  2. É tão bom reencontrar os que nos são queridos. O meu fim-de-semana foi mais de passeio mas também foi muito bom :)
    Ai, que inveja! Espero que 2015 também me traga mais viagens :)

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Ponto da situação

Porta-Tazos #1 - Viva a nossa camionete!

Sobre a épica ida ao Porto