Dilemas

Os meus olhos choram sempre que ligo o computador à noite. Ia escrever que era a partir de amanhã que passava a ir de óculos para o trabalho mas tenho medo de ainda não ser desta. Sempre fui um bocado paranóica com esta coisa das lunetas: acho que fico feia que dói e pronto, apesar de até ter confiança em mim e saber que valho por muitas outras coisas, prefiro quando me sinto bem também com a aparência.

Não sabia o que eram rotinas desde que terminei o secundário e, como desconfiava, prefiro a vida desregrada que tinha de poder adaptar-me sempre ao que surgir. Agora não: acordo sempre à mesma hora, tento não fugir muito à hora de deitar, preparo a marmita, apanho autocarros... tudo certinho. Um dia destes ponho-me à boleia só para quebrar a monotonia.

Assim que soube que ia ficar com o lugar no trabalho e que iria morar com os meus pais no próximo ano, decidi que queria comprar um carro. Não me fez falta até aqui porque em Lisboa tinha dezenas de meios de transporte à porta e, por cá, acabava por ter carro para aquilo que precisava. Acontece que ele não está disponível a toda a hora e eu, mesmo sendo amiga do ambiente e adorando fazer uma caminhada até à paragem, consigo adivinhar um inverno com chuva, frio e dias menores (sou um máximo em previsões não é?), pelo que deixei de lado planos como férias noutros países para colocar um carrinho modesto no orçamento. Ora, aqui começam os problemas: cá em casa nunca se compraram carros em segunda (ou mais) mão e sempre que toco no assunto todos se querem descartar de me ajudar porque posso estar a meter-me numa grande trapalhada e a fazer o pior investimento de sempre. Ao pensar nessa possibilidade também me apetece desistir porque tenho medo de gastar o que para mim é uma fortuna (neste momento até 100 euros são uma fortuna, mas vá) e andar um mês para depois o encostar para sempre porque não há dinheiro para arranjos. No meio destes "ses" todos, apareceu um que parece boa oportunidade e que me encurtou para dias o prazo da decisão. Está bonito.

Apesar de não parecer, tenho fotografado para o 365 project todos os dias. Não tenho tido oportunidade de actualizar a pasta mas tenciono fazê-lo em breve (apesar de o andar a fazer com o telemóvel e completamente à pressa, o que deixa adivinhar um resultado tenebroso).

E agora com a vossa licença... boa noite.

Comentários

  1. Em relação ao carro...na minha casa todos os carros que tivemos sempre foram em 2ª mão. Não eram propriamente nenhumas máquinas, mas serviram bem, durante muitos e muitos anos, a sua função :)

    ResponderEliminar
  2. Encontram-se carros em segunda mão em bom estado e com poucos kms. É preciso é um amigo mecânico ou entendido na coisa que dê uma vista de olhos só para ficares mais descansada. O meu foi um achado e também foi o primeiro carro da primeira dona :) é giro pensar que partilhamos o nosso primeiro carro, o mesmo entusiasmo e o mesmo medo *de o espatifar na primeira curva*

    ResponderEliminar
  3. Cá em casa já tivemos alguns carros em segunda mão e nunca houve problemas... mas, pronto, o meu pai é mecânico e tem olho para a coisa, portanto.

    ResponderEliminar
  4. Eu também preciso de usar óculos e não gosto... para além disso, tenho medo de fazer o lazer.... conclusão: gasto fortunas em lentes de contacto :S

    ResponderEliminar
  5. Cá em casa já houve carros novos e em 2ª mão. Os em 2ª mão servem muito bem, é preciso é não te deixares enganar por quem quer vender... Tem em conta os anos do popó e o uso que lhe deram até então. Vai tudo correr bem.

    Quanto às "Lunetas", também passei a precisar de usá-las em frente ao computador e aquando de muitas horas de letras pequenas e, antes isso que ficar pior. Por isso, de certeza que não ficas feia, os óculos até são um bonito acessório! :)

    Beijinhos *

    ResponderEliminar
  6. Hello! :)

    Bem, quanto ao carro se te faz falta, mas nao e' algo fundamental, o carro em segunda mae, e' uma excelente opcao. Quanto ao oculos, eu uso, mas muita gente nao sabe. Em breve farei um post sobre isso.

    Forca menina!! :)

    beijinhos

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Ponto da situação

Porta-Tazos #1 - Viva a nossa camionete!

Sobre a épica ida ao Porto