Em jeito corrido

Escrever no blog é o único objectivo que não estou a conseguir cumprir neste momento. Claro que cumprir tudo o resto me deixa satisfeita mas entristece-me saber que, mais dia menos dia, tudo o que vivi nos últimos tempos se dissipará no buraco negro da minha memória. Em jeito corrido - que a capacidade de escrever melhor anda algures adormecida (espero que não esteja morta) - e sem qualquer ordem cronológica, gosto cada vez mais de morar no campo e cada vez mais de Leiria; está tudo a fazer estágio profissional (eu incluída) e de repente parece que todos encontraram o seu caminho mas temo que este boom acabe depressa e, no fim dos contratos, sejamos todos substituídos por novos estagiários; estou a adorar a veia criativa que os portugueses têm demonstrado e os espaços e ideias de negócio que têm surgido; quase todos os dias desejo ganhar o Euromilhões, que não me faz exactamente falta mas seria uma ajuda interessante (provavelmente, viciada em planos e orçamentos como estou, não chegava a usufruir do prémio, entretida a imaginar tudo o que poderia fazer); continuo a sentir-me abençoada com o que tenho e com quem tenho; e continuo a irritar-me comigo mesma por não conseguir descrever tudo isto como gostaria. 

Comentários

  1. Deixa lá que não és a unica que anda sem tempo para escrever.
    Se ganhares o Euromilhões e como não te faz falta, contacta-me. looool :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É como te digo, planos para ele não me iriam faltar. De qualquer forma era pessoa para correr portugal de norte a sul, a deixar uma nota de cinco euros em cada caixa do correio, portanto podes fazer figas por mim!

      Eliminar
  2. Cá por mim acho que te expressaste muito bem. Estás a adorar o que estás a fazer, cada vez tens mais ideias que gostavas de ver implementadas e acabas por nem saber muito bem como deitar tudo cá para fora. O que interessa é que deites e pronto. :) Acertei?
    beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim... ainda que nem tudo sejam rosas estou a somar experiências que gostava de registar com mais pormenor porque a tendência, com o tempo, é a de reter só o happy ending deixando esquecido o caminho percorrido até lá.

      Eliminar
    2. Acho que nunca te vais esquecer esse caminho, porque são as dificuldades porque passamos que fazem o happy ending valer a pena. :)
      beijinho

      Eliminar
    3. No meu caso tenho mesmo má memória e com o tempo, se não tiver nada que me recorde, os pormenores vão-se dissipando cada vez mais. Beijinhos :)

      Eliminar
  3. Só o facto de estares a adorar o teu trabalho já me parece muitoooooooooooo positivo!

    ResponderEliminar
  4. Fazes como podes e já não vamos nada mal :) Espero mesmo que consigas novo contrato... Isto dos estágios profissionais tem o outro lado, que é ser-se substituído ainda que gostem de nós... Portugal, Portugal :P

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Ponto da situação

Porta-Tazos #1 - Viva a nossa camionete!

Sobre a épica ida ao Porto