Pausas

Há tempo para interiorizar e para prometer que, assim que puder, fará tudo parte desta memória que é a blogosfera. Há tempo para respirar, para desfrutar, para sentir o sol na pele, para procurar, para sorrir, para respeitar horários ou para aceder a pedidos. Há tempo para viver e devia haver tempo para registar.

A promessa é velha e tantas vezes quebrada. Tenho pena de ir deixando fugir pormenores mas há épocas em que se torna impossível contar a história como ela merece. Há alturas em que parece que nos atiramos de uma ribanceira e, de tão embalados que vamos, nem os tropeções nos permitem parar. A vontade de eternizar tudo é grande mas entre registar e viver ganha o verbo mais pequeno. Entristece-me perder detalhes à medida que adquiro outros mas consola-me a certeza de que só me escapa o passado porque estou completamente mergulhada no presente.

Comentários

  1. Tenho saudades tuas! Mas aquece-me o coração ler coisas destas :)

    ResponderEliminar
  2. tão bom de ler :)
    "entre registar e viver ganha o verbo mais pequeno" é mesmo isso!

    ResponderEliminar
  3. Gostei. :) às vezes parece que precisávamos de dias com 30 horas para estar com todos e ver tudo.
    Se calhar ainda estivemos no mesmo casamento, dado que sei que moras perto da minha zona. xP

    ResponderEliminar
  4. É muito bom recordar, ter memórias e neste caso, poder ler o que já vivemos... Mas se não vivermos não temos o que escrever, por isso, estás certíssima: Viver o presente! :)

    ResponderEliminar
  5. 'para sentir o sol na pele'- brisa fresca de 36 graus faz maravilhas, estes ultimos dias têm sido bons para quem deseja torrar bem....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por cá o máximo que apanhei foi 34 e já fiquei a arfar. De qualquer forma, na praia baixa sempre muito e está o ideal ;)

      Eliminar
  6. E fazes tu muito bem em viver o presença, pois águas passadas não movem moinhos ;)

    ResponderEliminar
  7. Gostei muito do que escreveste ;)
    E sim foi graças a esse actor que fiz aquele atum à brás ahahah (tambem vi o programa) como preguiçosa que sou achei que seria um prato facil de fazer e gostei bastante, tens que experimentar! ;)

    xoxo

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Ponto da situação

Porta-Tazos #1 - Viva a nossa camionete!

Sobre a épica ida ao Porto