Filosofias matinais

Não convém apanhar sol, privilegiam-se os fins de tarde. Não se pode ir para fora, aproveitam-se as festas da(s) terra(s). Adiam-se os planos mais elaborados, sobra tempo para diminuir a lista infinita de assuntos pendentes.

Tudo uma questão de perspectiva, de procurar o potencial das coisas (dos lugares e dos momentos) e de querer aproveitar o que temos. Eu tenho bastante, é impossível não reconhecer, agradecer e honrar a sorte.

Comentários

  1. É assim que deve ser, aproveitar e agradecer aquilo que temos.
    Bom resto de fim-de-semana!

    ResponderEliminar
  2. Apesar de o ser humano ser um animal de hábitos, a verdade é que também tem boa capacidade de adaptação às circunstâncias. Força aí!

    ResponderEliminar
  3. É isso, aproveitar o que temos, quando temos. :) :)
    beijinho grande

    ResponderEliminar
  4. Olha, eu sou um bocado vampírico, portanto tenho afastar-me um bocado do sol, embora não completamente. Mas é chato para quem gosta, não poder estar.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Ponto da situação

Porta-Tazos #1 - Viva a nossa camionete!