No próximo post mudo de tema

No espaço de dez minutos já me ligaram três vezes da clínica onde fiz as análises. Sempre com uma voz compreensiva, sempre muito atenciosas (para além da recepcionista já me ligou a sra. que me fez a recolha para falar directamente comigo), já me enviaram os resultados por mail, já imprimiram para que leve ao médico, já me encheram de perguntas, se tomei algo, se perdi peso (yap e cabelo também), se não quero lá passar na mesma para levar logo o papel ao médico. À primeira chamada percebi que era grave. Tremi mas dei logo duas chapadas mentais a mim própria para me pôr fina (com os sintomas só podia ser grave, qual é a novidade?). Depois da segunda chamada fofinha e da terceira em que chamaram a sra. que tinha tratado de tudo comigo, percebi que me estavam mesmo a querer passar uma mensagem mas que não o queriam fazer pelo telefone. Tive vontade de rir, provavelmente para não chorar, e decidi-me a ir lá buscar os papeis a seguir ao almoço, apesar de já ter aberto o mail e de já ter visto os tais valores que não sei o que significam na prática (desta vez não quis ir pesquisar à net, talvez esteja em negação). Estou com um bocadinho de medo não dos resultados, mas que as senhoras se agarrem a mim aos beijos. Wish me luck.

Comentários

  1. Às vezes, na vida, levamos umas sacudidelas, só para agitar as coisas um bocadinho. Independentemente do que seja, és mais forte e persistente do que um mau bocado, do que "algumas" dores. Estou a torcer por ti! Beijinho grande!

    ResponderEliminar
  2. Cuidado com o que vês na internet. Nem sempre é verdade. Se precisares de ajuda a interpretar esses resultados, eu posso ajudar-te. Vai ao meu blog, envia um comentário com o teu email (fica descansada que eu não aprovo o comentário) e entramos em contacto. Estás à vontade.
    Espero que não seja nada de grave, ou pelo menos que se resolva facilmente. Força. :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Não vale a pena pesquisar na internet. Na internet está sempre o pior dos casos. Seja o que for há-de haver solução e vai-te ser dito o que fazer.
    Eu tenho levado as coisas assim, sem aobressaltos e sem pesquisas. O que for será o que tiver de fazer farei.
    Se precisares escrever umas quantas linhas podes sempre mandar para o meu e-mail. um beijinho

    ResponderEliminar
  4. Estou contigo. Nada pior do que se agarrarem a uma pessoa aos beijos. Beurk!!
    Good luck! Vais superar esta fase menos boa. Pensamento positivo, sempre e força!

    ResponderEliminar
  5. Agora estou a sentir-me terrivelmente mal por não ter lido isto mais cedo. :/
    Esclarecimento no grupo, já.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Porta-Tazos #1 - Viva a nossa camionete!

Sobre a épica ida ao Porto