#jesuischarlie

Vinha escrever sobre a viagem - mais fixe de sempre - a Paris mas esta história do atentado impôs-se. Não vou estar aqui à procura das palavras certas para comentar o que aconteceu (é tudo tão desprezível que nem sequer me apetece discorrer sobre o assunto), vim dizer apenas que sim, je suis Charlie aussi, não porque estudei comunicação e tive formação jornalística mas porque sou humana. E bastava isso, sermos todos aquilo que nascemos.

Comentários

  1. Infelizmente não há muito a acrescentar e para ti ainda deve ser mais assustador, tendo em conta a profissão e a recente viagem...

    ResponderEliminar
  2. Aqueles nasceram calhaus, não se lhes pode exigir que sejam mais. :/

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Ponto da situação

Porta-Tazos #1 - Viva a nossa camionete!

Sobre a épica ida ao Porto