Para 2015, mais disto:


Um dos maiores luxos da vida é poder acordar sem despertador. Ir dormir quando se tem vontade e até se ter vontade, sem preocupações nem revisões da agenda para o dia seguinte, com paz no consciente e subconsciente (logo, sem sonhos).

Um dos maiores luxos desta vida frenética é poder acordar sem pressa, com tempo para inspirar profundamente e sentir cada partícula do corpo e da mente a despertar lentamente.

Um dos maiores luxos de sempre é poder decidir quando seremos incomodados, tirar o som ao telefone e à campainha e existir como nos apetecer - e que grande luxo que é, só por si, ser o que nos apetecer.

Um dos maiores luxos é poder estar consciente de todas estas coisas aparentemente tão simples, mas cada vez mais raras.

[E que enorme luxo, este dia em branco onde me permito pensar primeiro em mim, antes de tudo o resto.]

Comentários

  1. Acordar sem despertador é tão bom :D

    ResponderEliminar
  2. Que assim seja o 2015 e todos os dias que nos apetecer (se for possível - que infelizmente não é...) em todos os anos!

    ResponderEliminar
  3. É mesmo um grande luxo. Acordar sem despertador... quase nunca acontece.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Ponto da situação

Porta-Tazos #1 - Viva a nossa camionete!

Sobre a épica ida ao Porto