Em quem não votar

Legislativas à porta. Candidatos e partidos a dar com um pau. Balelas, manobras de distracção, erros crassos e um cenário assustador, ao ver que quase todas as opções são, na verdade, "não-opções". 

Não me sinto preparada para fazer um voto consciente. Tenho apanhado notícias e citações fora de contexto, falta-me muita informação e não consigo pender com segurança para lado nenhum. Porém, já tenho uma certeza: tudo menos manter o actual governo.

Depois de aumentar o desemprego, cortar nos salários e apoios sociais, expulsar literalmente os portugueses do seu país, reduzir o sistema de saúde público a lixo, alienar as empresas que davam lucro e enfrentar o Tribunal Constitucional, se o Passos Coelho volta a ganhar as eleições, cai-me tudo.

Acredito que somos um povo inteligente mas, dada a quantidade de apoiantes que a coligação PSD/CDS tem, nada é impossível. Pergunto-me: são burros, têm má memória ou têm interesses particulares? Não sei, mas seja qual for o motivo de apoio, só espero que não represente a maioria dos portugueses. Porque se representa... estamos bem f#$%&/"(&%#%&"/"()!)"/&#"!

Comentários

  1. A pergunta que coloco é: mas qual é a real alternativa?

    ResponderEliminar
  2. A nossa política está cada vez mais ridícula :\

    ResponderEliminar
  3. O partido do Garcia (Razia) Pereira precisa de votos. O gajo por norma consegue 0,1% nas presidenciais. Agora pelo MRPP até meteu um slogan 'morte aos traidores', uma mensagem mais forte mas que pela certa que terá o mesmo resultado do costume hehe....

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Ponto da situação

Porta-Tazos #1 - Viva a nossa camionete!

Sobre a épica ida ao Porto