A crise - e o passe dos transportes.

   Sou uma simples estagiária há quase 6 meses, a quem a partir dos entretantos vão passar a pagar o passe (Sr. Passe, que ao preço que está até impõe respeito). Sim, eu sei que todas as entidades que aceitam estagiários deviam pagar isso e muito mais, mas há muitas entidades bem conhecidas que nada pagam e este caso é especial, porque começou com uma espécie de colaboração e a formação e oportunidades que tenho tido valem o investimento pessoal feito.

E a imagem é só para relembrar que "sou do tempo em que o desconto era de 50%, e não de 25%".

   Sobre o meu trabalho, que adoro, só podia desejar fazer dele a minha vida até à reforma - se essa chegar até nós, se o mundo durar, se eu viver, que isto sabe-se lá. Divagações à parte, este dinheiro é bem-vindo e é uma grande ajuda ainda que não seja, nem de longe, nem de perto, o que um jovem que já não vive com os pais precisa. Ainda assim, não podia estar mais contente com isto - é que mesmo pobretanas, vou ter passe de comboio para ir para a praia todos os dias. Yei!

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Ponto da situação

Porta-Tazos #1 - Viva a nossa camionete!