O caminho

   Há dias em que derrubamos mais umas sebes e a camada densa de arbustos, mato e espinhos se vai diluindo, deixando-nos espreitar as nuances de uma possível casa de chegada. Esses dias são bons e fazem com que queiramos continuar no jogo. Pena serem raros.

Cabo Espichel - Setembro 2012

Comentários

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Ponto da situação

Porta-Tazos #1 - Viva a nossa camionete!