Por favor, não me borrem a pintura!

   Hoje falava-se da má ficção nacional produzida pela TVI e da justificação do "é o que o povo gosta", pelo que me lembrei de fazer um apelo à SIC, agora que li que a sua nova novela está a ter bastante audiência: por favor, senhores que mandam no Dancin' Days, não se ponham a empatar/estragar a história.

   Assisti à estreia e tenho seguido regularmente este remake da telenovela exibida pela Rede Globo no final dos anos 70. Que se dane o formato, geralmente direccionado a donas de casa: até ver, a trama está bem escrita e está a ser bem interpretada pelos actores, portanto não só tenho visto sempre que posso, como a tenho recomendado.
   Guerras de audiências sempre existiram, mas com a publicidade a render cada vez menos dinheiro a televisão portuguesa está a atingir o cúmulo do ridículo: agradecer aos portugueses por terem visto, em massa, os jogos do euro, parece-me desespero - mas os dois canais privados teimam em fazê-lo. O que é que o futebol tem que ver com as novelas? Bem, se chegámos ao ponto de dar graças por coisa nenhuma (os três canais generalistas transmitiram jogos e os três obtiveram - como seria de esperar - um grande número de telespectadores, qual é a glória?), tenho muito medo do que os senhores da televisão possam considerar uma forma inteligente de segurar audiências (principalmente depois de ter visto o último episódio de  Rosa Fogo, da SIC, novela essa que já me andava a enjoar há uns tempos e que conseguiu atingir o topo do degredo ao fazer ressurgir um personagem que havia sido esfaqueado e atirado do cimo das cataratas do Iguaçu).

   Entretanto, talvez Dancin' Days não seja assim tão bestial, mas está tão superior ao que tem sido feito por cá que me parece perfeito. Aliás, só que o guião já faça sentido e que os pormenores cénicos estejam em consonância já é de louvar, portanto façam-me o favor de não se excitarem demasiado: concentrem-se em continuar o bom trabalho, que eu quero continuar a ter companhia quando janto sozinha.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Ponto da situação

Porta-Tazos #1 - Viva a nossa camionete!