Tenho um andar novo

(Quantas visualizações terá este post depois de um título assim?)

Isto para dizer que aqui a sedentária do pedaço conseguiu finalmente afinar a bicicleta e pôr em prática o plano de ir de manhã com a mãe (e com a bicicleta no carro) e voltar, depois, a pedalar. Apesar de serem 10 quilómetros o percurso de regresso é quase sempre a descer (só existem duas subidas e uma delas é embalada por uma descida antes), o que levou a campeã olímpica reformada há 5 anos a achar que seria mel.

Prudente que só ela, agatxigibaba resolveu que a estrada nacional e os seus camiões eram demasiado perigosos (principalmente porque não tinha a certeza se a corrente duraria o caminho todo e trocá-la, de rabo para o ar, na recta onde trabalham as meninas, não fazia parte das suas intenções). Assim sendo, optou por uma estrada onde nunca tinha passado, que provavelmente até era mais perto e que até tinha pista para velocípedes. Tudo para dar certo.

O cenário perfeito rapidamente se transformou em pesadelo: assim que arrancou, juntou-se a ela a chiadeira da corrente, banda sonora presente nos 14 quilómetros até casa - 14 quilómetros decorados com subidas e pessoas na rua, à frente das quais não podia fracassar, apesar das dores nas pernas provocadas sobretudo por ter o selim demasiado baixo. Conclusão? 20 de 50 minutos em sofrimento, a moral em altas e as pernas completamente desengonçadas.

Comentários

  1. E dor no rabo, não?
    A mim é o primeiro sintoma depois de andar de bicicleta após uma temporada sem andar nela. xD

    ResponderEliminar
  2. O título só por ser pouco convencional já chama a atenção logo essa parte das visualizações podes estar descansada...

    Quanto ao resto ao menos não te espetaste hehe. Já andei bem mais de bicicleta há uns anos do que agora, mas por acaso tenho saudades de nas férias ir para a praia de bicicleta no algarve (cerca de 10-12 km ida e volta)...

    ResponderEliminar
  3. Eu desisti de andar de bicicleta por causa mesmo das dores que me provocava no perineo! E então dediquei-me à corrida, onde a minha unica musica de fundo é a que levo no aifone.. Se há coisa que me irrita, é uma corrente a chiar! Hajaha
    Mas não desistas, um cadito de oleo e fica como nova! :)

    ResponderEliminar
  4. Os primeiros dias a andar de bicicleta são uma tortura para as pernas e para o rabo! Bons passeios :)

    ResponderEliminar
  5. Miga a tua vida dava um filme! Tenho saudades! Beijo *

    ResponderEliminar
  6. A foto faz-me lembrar o caminho até ao Pedrogão Grande, a estrada acompanhada de passeio para as bicicletas. :P (Só vi a foto agora)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Só adicionei a fotografia mais tarde. Acho que há muitas paisagens semelhantes em Portugal, mas esta não é nessa zona :) *

      Eliminar
  7. De cu para o ar a mudar a corrente é que arranjavas novas amizades, mas ficavas com um andar ainda mais esquisito. lol

    ResponderEliminar
  8. Enahhh... Eu da outra vez fiz 10km de cada vez. Ainda não tinha feito o primeiro km e já estava a bufar... Fui nas calmas a tirar fotos... Depois de chegar ao destino, ainda fui a casa da mamã Libelinha de bike e voltei de bike com uma encharca na mão. Fiz uns km a pé à mercearia para fazer o almoço aos "trolhas" e passei a tarde a partir cimento. E ás 17h da tarde fiz os 10km de volta e pensei estar de rastos no dia seguinte mas... Nadinha! Nada de andar novo, nem de dores nas pernas, até estranhei! Sedentária como tu há 5 anos e a caminhar para cota, hahahaha!

    Um dia destes organizamos um marcha de bike entre bloggers ;P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também não fiquei com mazelas, foi só mesmo nos minutos seguintes que me senti desengonçada mas a culpa foi maioritariamente da altura do banco estar mal ajustada ;) Voto nisso da marcha de bicicleta mas não penses que vou até Aveiro, que é a subir :P

      Eliminar
    2. Marcamos um sítio... Meto a bike no Libemóbil e fazemos uma "bikada" juntas ;)
      Mas tambem não me faças ir muito longe que o gasóleo está caro ;P

      Eliminar
    3. Por mim é só combinar, eheh ;)

      Eliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Ponto da situação

Porta-Tazos #1 - Viva a nossa camionete!

Sobre a épica ida ao Porto