Dia Mundial da Felicidade

   Confrontados com a pergunta "é feliz?", a maioria dos portugueses responde que sim. E eu questiono-me: é porque estão na televisão, aleatoriamente calhou em pessoas mais positivas ou são todos uns grandes hipócritas? É que a grande parte das pessoas que conheço passa a vida a queixar-se e a barafustar com os infortúnios que a vida lhe traz, todos os dias, a toda a hora.
   Raios, só quando vos perguntam directamente é que caem em vós e pensam: "epá se calhar sim, tenho motivos para estar feliz"? Quando estão sozinhos não têm dois segundos para reparar que, de facto, vos podiam acontecer coisas piores? Já não há paciência para tanta reclamação, senhores...

Comentários

  1. Bom, eu falo por mim... tenho a mania de reclamar. É mesmo mania. Hábito, costume, passatempo, não sei, mas normalmente estou a reclamar de alguma coisa. Não quer dizer que esteja mesmo descontente com algo... é mais, mania, lá está, do que outra coisa qualquer. Considero-me feliz, mesmo que reclame do calor, ou do frio, ou do desemprego, ou do governo, é mais para ter algo para dizer e alguém para chatear do que outra coisa qualquer. É contraditório talvez, vá, mas é a minha explicação :)

    ResponderEliminar
  2. Eu também reclamo mas no fundo... sou feliz!

    ResponderEliminar
  3. Assim como há quem seja feliz a lixar e a dizer mal do próximo, é natural que haja quem seja feliz a lamentar-se... ;P

    ResponderEliminar
  4. eu não o sou! não perguntas-te mas eu respondi! xD
    melhor ser sincera que disfarçar a realidade...

    ResponderEliminar
  5. Engraçado, eu sou mais feliz quando a vida me dá mais luta. Acho que sempre que todas as portas se fecham à minha volta, se abre uma janelinha para eu saltar para a rua! (:

    ResponderEliminar
  6. Bom, se fôssemos todos felizes, depois o que fariam para encher chouriços nas Tardes da Júlia e programas afins? :P

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Ponto da situação

Porta-Tazos #1 - Viva a nossa camionete!