Recusei

   Fui a Lisboa com o propósito de trazer as últimas coisas lá de casa e ligam-me para uma entrevista de emprego: claro, claro, envie-me a morada por favor. Desligo, respiro fundo e subjugo-me à minha condição de pessoa-portadora-de-vida-irónica: mais de um mês sem qualquer entrevista e, quando finalmente organizo a minha existência fora de Lisboa, o telefone toca. Ok!

   Li o anúncio a que tinha concorrido, o mail que havia enviado e percorri o site. Inteirei-me de toda a actividade da empresa, memorizei alguns clientes e deitei-me cedo. No dia seguinte, com tempo, saí na Avenida e subi-a a pé até a Marquês. Contemplei a agitação habitual da zona e por momentos desejei passar ali todos os dias, nos próximos meses - seria bom sinal.

   Uns minutos e dois euros e oitenta* depois, estava a sair do metro aliviada por ter conseguido dizer que não: parece fácil recusar 150 euros por mês (8 horas diárias) mas senti a pressão do desemprego no momento em que decidi não aceitar (não se pode esperar muito de um estágio remunerado mas pelo menos que chegue para me pagar a renda, certo?). Obrigada discernimento, por não me meteres - literalmente - em trabalhos.

*que davam para 14 cervejas na festa da Egas na noite anterior!

Comentários

  1. Carambaaaaaa... 150euros? Fónix. As coisas vão mesmo de mal a pior! Mas ó, não desistas querida :) um dia há-de aparecer a "oportunidade certa"!*

    ResponderEliminar
  2. Só 150€? Que exploração. As empresas aproveitam-se imenso do estatuto de estágio.

    ResponderEliminar
  3. Vais ver que ainda vais encontrar um muito melhor :)
    Beijinhos :)

    ResponderEliminar
  4. Fizeste bem.... vais conseguir melhor :)!!

    ResponderEliminar
  5. 150 euros é uma anedota! Fizeste muito bem em recusar ;)

    ResponderEliminar
  6. 150 euros é mesmo de rir... Entendo-te, o último trabalho que recusei, que era em Barcelona, queriam pagar-me 250 euros por mês. Perguntinha: como é que se vive em Barcelona com 250 euros por mês? É uma risada... Ou as empresas esperam que a gente passe fome, ou esperam que todos nós tenham pais ricos para nos sustentarem quando inclusive nós já estamos a trabalhar 40h por semana. Mas a ser pagos a preço de escravos. Quer dizer, nem de escravos! Porque na escravatura, aquelas pobres almas tinham pelo menos onde dormir e o que comer. Podia ser um colchão na cozinha e os restos de pão, mas tinham. A nós dão-nos uns trocos pior que esmola... É de chorar!

    ResponderEliminar
  7. As empresas gostam tanto de explorar os estagiários, xiça! :(

    ResponderEliminar
  8. mesmo sendo 150€, o que é muito pouco, concordo, tiveste tomates! eu também faria o mesmo. 150€ nem dá para limpar o cu durante um mês inteiro...

    ResponderEliminar
  9. Fizeste bem. Uma proposta de trabalho de 8h/dia por 150 euros/mês é gozar com as pessoas. Fosse um part time ainda era naquela, mas full time 150 euros é para mandar alguém para aquele sítio...

    ResponderEliminar
  10. É chocante, impressionante, é indescritível,como se atrevem ?
    Acho lamentável que os jovens tenham de emigrar mas, no seu caso, Joana, já considerou essa hipótese ? Eu, se fosse jovem e sem filhos, procuraria uma oportunidade noutro continente, talvez o Brasil que está em crescimento ou a Austrália ...A Europa também começa a não oferecer empregos como antes...
    É triste vermos os nossos jovens a serem explorados miseravelmente, revoltante :(

    ResponderEliminar
  11. e fizeste tu muito bem em recusar. caso alguém te critique, relembra-os que a escravatura em portugal foi abolida no século XVIII pelo marquês de pombal.

    ResponderEliminar
  12. Não é fácil. Mas isso demonstra muito do que tu és. Não que me surpreenda! Mas mesmo que seja por motivos menos bons, fico orgulha de ti e de que cada palavra tua seja a minha certeza que quando te derem a oportunidade será o recomeço de uma enorme carreira! Eu acredito em ti!

    ResponderEliminar
  13. Ninguém vive com 150 euros por mês. As empresas também se querem aproveitar à grande e terem alguém a trabalhar quase de graça.

    Fizeste-te muito bem :)

    ResponderEliminar
  14. Por aqui os estágios normalmente nem remunerados são! Mas 150€ não é nada!

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Ponto da situação

Porta-Tazos #1 - Viva a nossa camionete!

Escrito em Fevereiro de 2016